Roteiro Subindo a Serra atrai pela gastronomia e história

Roteiro Subindo a Serra atrai pela gastronomia e história

PBTur lançou a iniciativa, que tem por objetivo incrementar o turismo em Bananeiras e municípios circunvizinhos

Revivendo o passado nas histórias dos engenhos e um delicioso roteiro de experiências gastronômicas. Assim foi lançado no último sábado (30) a edição do Subindo a Serra, apresentado à imprensa em Bananeiras e região circunvizinha, com a participação de 20 empresas selecionadas pelo seu grande potencial turístico. Na verdade essa é a primeira edição do Prove Paraíba, projeto de consultoria da Cantaloupe para implementação de roteiros de experiências, que é co-realizado pelo Sebrae da Paraíba.

O Governo do Estado, através da Empresa Paraíba de Turismo (PBTur), levou jornalistas para conhecer o novo produto turístico, que será também implementado em outras regiões do Estado. No lançamento, os participantes conheceram engenhos, a cultura, a história, o artesanato e a produção local, além de apreciarem a natureza da Serra de Bananeiras, provar da rica gastronomia, ouvir as histórias e vivenciar o que essa região do Brejo oferece aos visitantes.

O Subindo a Serra foi apresentado à imprensa e patrocinadores durante um delicioso Café Colonial na Estação Bananeiras. Em seguida, a parada foi no Engenho Baixa Verde, em Serraria, um dos complexos mais bonitos com casa grande, capela, senzalas. De 1883, passou pelo período auge como produtor de café e, depois, de cachaça e rapadura. O proprietário, Geraldo Espínola, investiu no resgate a história do engenho, recebendo os visitantes com a encenação por atores da Companhia de Teatro Camucá, interpretando a primeira família proprietária.

Depois foi feita uma visita ao engenho da Cachaça Cobiçada, para seguir em direção ao Pesque Parque e deliciar um churrasco de tilápia. O projeto inclui ainda a visitação ao Centro Histórico de Bananeiras, Igreja Nossa Senhora do Livramento, construção de 1861. Uma parada para degustar a tradicional peteca “de banana com sorvete”, no Terraço Lisboa, cuja proprietária Neide Lisboa, demonstrou a preparação da sobremesa.


Engenho Baixa Verde, em Serraria, onde atores recepcionam os visitantes vestidos com roupas do Século 19, reproduzindo o período auge da produção de café na região Foto: Tereza Duarte

Projeto replicável em outros destinos O encerramento foi feito no Condomínio Montelier. Conforme Marina Sá, presidente da Cantaloupe, esse é o primeiro destino onde a consultoria está implantando um roteiro de experiências gastronômicas, destacando que o projeto é perfeitamente replicável em qualquer outro destino. “O Prove Paraíba é um modelo criado de implementação de turismo de experiência e gastronômico que pode ser realizado em várias regiões. Começamos aqui na região do Brejo, que foi além de Bananeiras, incluindo também Serraria, Borborema, Solânea e, a partir daqui, vamos para outras regiões”, informou Marina.

O chefe Marcilio Cavalcante disse que toda a gastronomia desenvolvida nesse projeto é voltada para cultura local, “nós estamos trazendo a gastronomia brejeira, buscando sempre os insumos que a terra oferece. Nós fizemos várias preparações, entre elas a banana, tilápia pescada na hora, ou seja, tudo que a terra nos oferece de maneira saudável e proveitosa”.

O projeto disponibiliza ainda placas com o QR Code instaladas em vários pontos da cidade para que o visitante possa acessar e saber onde estão todos os pontos turísticos e as experiências para vivenciar.

O Prove Paraíba, edição Subindo a Serra, é apresentado pelo Condomínio Montelier e conta com parceiros muito especiais para a sua realização como Officina Móveis, São Braz e Vinícola Aliança e Apoio da Estação Bananeiras e PBTur, que notadamente são empresas que, de forma genuína, participam de projetos que promovem desenvolvimento.

Preparo da peteca, sobremessa da gastronomia local, feito à base de banana, complementado com sorvete