Praia Limpa visa promover educação ambiental no litoral do estado

Praia Limpa visa promover educação ambiental no litoral do estado

Projeto foi lançado ontem e vai acontecer até o dia 19 de fevereiro, por meio dos agentes da Sudema, em toda orla da PB

A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) lançou ontem, na Fundação Casa de José Américo, a edição 2022 do projeto Praia Limpa, cuja iniciativa tem o objetivo de promover educação ambiental nas praias paraibanas, buscando diminuir o impacto que os resíduos sólidos e líquidos provocam nesses ecossistemas. Ele ocorre por meio de atividades educativo-ambientais realizadas através de parcerias com todas as prefeituras do litoral paraibano.

O projeto acontece entre os dias 10 de dezembro a 19 de fevereiro e é voltado, sobretudo, à educação ambiental, ou seja, conscientizar moradores, turistas e trabalhadores sobre o destino adequado dos resíduos, concentrando as suas atividades no verão, período de maior concentração de turistas, na Paraíba.

“O Projeto Praia Limpa faz parte do tripé das funções da Sudema: licenciamento, fiscalização e educação ambiental, que é a atividade mais importante, no meu ponto de vista vista. O trabalho é de conscientização da população para que os resíduos tanto sólidos quanto líquidos produzidos nas praias sejam destinados adequadamente para os locais onde possam ser feitos a coleta e a destinação final correta”, esclareceu o diretor superintendente do órgão, Marcelo Cavalcanti.

A execução será feita nos meses de janeiro e fevereiro por meio dos agentes do órgão, que estarão nas praias para educar os cidadãos. “Nós vamos fazer a distribuição de sacolinhas biodegradáveis, realizar blitz distribuindo o lixo car. É um trabalho basicamente de conscientização ambiental”, completou o gestor.

Nas sextas-feiras, a programação será focada no público infanto-juvenil por meio de atividades lúdicas, gincanas e oficinas temáticas. Aos sábados, estão planejadas ações com públicos variados.

Expansão

Uma das novidades da edição 2022 é a expansão do projeto para outras cidades paraibanas, por meio das parcerias firmadas entre a Sudema e as Secretarias de Meio Ambiente dos municípios costeiros. Com isso, as praias de Pitimbu, Mataraca, Marcação, Baía da Traição, Lucena, Cabedelo, Rio Tinto, Conde e João Pessoa receberão as ações sempre às sextas e sábados, até fevereiro do ano que vem. Além das gestões municipais, o projeto também conta com algumas instituições parceiras, como a Cagepa, a Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Guajiru, InPact, Capitania dos Portos, Batalhão Ambiental, Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba Bombeiros (CBMPB), além da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através do Projeto Mares Sem Plástico. Segundo o diretor, com esta integração de entidades será possível atingir o maior número de praias. “É uma quantidade bem significativa de apoiadores para que a gente consiga preservar a praia limpa. Afinal de contas, a praia limpa é um dos atrativos para o turismo”, destacou.

Neste sentido, a presidente da PBTur, Ruth Avelino, ressaltou que a limpeza e preservação das praias são deveres que não se restringem apenas ao Poder Público ou Organizações Não Governamentais (ONGs), mas a toda a sociedade.

Por isso, afirmou que o projeto é de grande relevância para o turismo paraibano. “As praias são um dos maiores atrativos que o Estado da Paraíba tem. Quem vem para a Paraíba, assim como para muitos estados do Nordeste, vem em busca de sol e mar. Esse é um atrativo super importante. E a preservação, a limpeza e o cuidado desses ambientes são fundamentais. O maior papel do Praia Limpa é conscientizar a população, o visitante e o turista. É papel de todos preservar o meio ambiente”, reforçou.

Curso de capacitação para o trade turístico

Outra novidade do Projeto Praia Limpa é o curso de capa- citação voltado para os profissionais das redes de hotelaria, turismo, marinas e catamarãs. Esta atividade, junto ao trade turístico, visa, conforme o superintendente, tratar da importância da gestão e descarte correto de resíduos nesses locais e também sobre o regramento das unidades de conservação marinhas do Estado.

Desta forma, a capacitação servirá para informar estes trabalhadores principalmente em relação às unidades de conservação e o que pode ser feito. A meta é atuar com as pessoas do setor turístico (catamarãs, agências de viagens, guias de turismo, grupos de esportes como caiaque e kitsurf, bugueiros e etc) para que consigam transmitir as mensagens aos visitantes das praias.

As inscrições para esta ação foram lançadas durante o evento. Para Marcelo Cavalcanti, a capacitação do trade turístico é um diferencial porque estes profissionais irão trabalhar como multiplicadores do processo de educação ambiental entre os clientes dos seus passeios, hospedagens, dentre ou- tras atividades.

Parcerias

Os envolvidos no projeto deste ano ressaltam a integra- ção entre os parceiros como forma de melhor contribuir com a ação. “Temos que traba- lhar para a sensibilização, essa é a nossa tarefa de educador ambiental. Que a ação seja justa, responsável e contributiva para João Pessoa. É importante a praia estar limpa para mostrar ao turista a educação que nós temos”, comentou o coordenador de estudos e práticas ambientais da Secretaria do Meio Ambiente de João Pessoa (Semam-JP), Rogério Ferreira.

Já a superintendente da Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon–PB) Procon-PB, Késsia Liliana Cavalcanti, afirmou que o consumo consciente é muito importante e, portanto, é fundamental entender como o descarte de um produto deve acontecer. “O consumidor idealiza comprar alguma coisa, compra, utiliza e depois faz o descarte. É o plástico, a bituca do cigarro, o palito do picolé, entre outros. São várias formas que nós temos para nos educar. Se tivermos consciência ganha o turismo, o cidadão eganha principalmente a natureza”, declarou.

PROGRAMAÇÃO PROJETO PRAIA LIMPA

DATA LOCAL (PRAIA)
6/12/2021 Abertura – Cabo Branco/JP
10/12/2021 Capacitação – Sesc Cabo Branco/JP
17/12/2021 Areia Vermelha e Miramar/Cabedelo
18/12/2021 Praia de Tambaú/JP
7/1/2021 Bessa (naufrágio)/JP e Tabatinga/Conde
8/1/2021 Praia de Jacumã/Conde
14/1/2021 Barra de Camaratuba/Mataraca
15/1/2021 Lucena
21/1/2021 Prainha/Baía da Traição
22/1/2021 Praia Bela/Pitimbu
28/1/2021 Marcação e Rio Tinto
29/1/2021 Praia do Seixas/JP
19/2/2021 Praia do Manaíra/JP