No Recife empresa de reciclagem fatura R$ 80 mil com lixo eletrônico

No Recife empresa de reciclagem fatura R$ 80 mil com lixo eletrônico

O empresário Sávio França percebeu a importância e rentabilidade de se reciclar um lixo que contamina o meio ambiente, ele separa e vende lixo eletrônico, apostando na logística reversa. A recicladora possui 25 ecopontos na região metropolitana do Recife. E também faz o delivery inverso, isto é, coleta o lixo eletrônico em residências e empresas. Cerca de 95% do material é reaproveitado.

Quando é possível, a empresa conserta, vende ou doa o equipamento. E o que já não está mais em condição de uso, é separado, classificado e vendido para empresas de reciclagem, no Brasil e exterior.

Empresário Sávio França

A empresa fatura R$ 80 mil por mês. Parte do lucro é investido em cursos gratuitos de robótica e reciclagem para comunidades carentes.

André Castro, gerente de operações de uma empresa de manutenção de aparelhos celulares, em São Paulo, explica que toda empresa, hoje, é obrigada a fazer o descarte do lixo eletrônico corretamente, em função da Lei de Resíduos Sólidos.