Valência fornece urnas compostáveis com mudas de árvores

Valência fornece urnas compostáveis com mudas de árvores

Enterro sustentável vira opção gratuita para moradores de cidade espanhola.

A técnica de cremação já representa 67% das opções funerárias na cidade espanhola de Valência. O aumento da procura pelo método – que só se tornou possível na cidade em 2009 – motivou a criação de um novo projeto que fornecerá urnas compostáveis.

Totalmente gratuito, o serviço municipal torna público uma possibilidade hoje restrita a quem contrata empresas funerárias privadas. As urnas compostáveis serão cedidas junto a uma muda de árvore mediterrânica, à escolha da família. Desta forma, é possível dar nova vida ao ente querido em forma de árvore.

urnas compostáveis
Foto: Prefeitura de Valência

“Esta é uma opção muito mais sustentável, pois a árvore fará o seu trabalho de captação de emissões de CO₂ e geração de oxigênio, e dessa forma ajudará a compensar as emissões de cremações e, em geral, na luta contra as alterações climáticas”, afirma o vereador Alejandro Ramon, durante a apresentação da urna compostável.

Esta possibilidade ajudará a cidade a atingir suas metas de redução de emissões poluentes. Recentemente, Valência foi selecionada para participar da missão da União Europeia de se tornar neutra em carbono até 2030. Mobilidade limpa, eficiência energética e urbanismo ecológico estão entre os tópicos que devem ser trabalhados nos próximos anos. Para tanto, receberá financiamento da União para colocar em prática uma série de projetos inovadores que a ajudarão nesta empreitada.

Urna compostável

A urna compostável substituirá às tradicionais feitas de metal ou cerâmica. O novo material será fornecido pela própria empresa responsável pela gestão dos resíduos das cremações da prefeitura.

Já as mudas de árvores serão doadas pela Câmara Municipal de Valência. Pinheiro, azinheira, carvalho, oliveira, carvalho estão entre as alternativas. Os familiares também podem optar pelo sepultamento com a urna ecológica sem a árvore.

urnas compostáveis
Foto: Prefeitura de Valência

Até agora, em Valência era possível depositar as urnas não degradáveis ​​em columbários ou nichos de propriedade familiar. Havia também a possibilidade de jogar as cinzas em um corpo d’água do Cemitério Geral, o chamado Rio da Vida, que irriga o jardim do cemitério.

Ramon defende que a urna com árvores é “a melhor maneira de lembrar os entes queridos, porque ele semeia vida após a morte” e lembrou, poeticamente, a frase atribuída ao pintor Edvard Munch: “do meu corpo em decomposição, as flores crescerão e eu estarei nelas. Isso é a eternidade”.

Os cemitérios de Valência vão fornecer as urnas compostáveis já a partir de julho.