Técnicos da Semam realizam Caminhada Ecológica para avaliar condições ambientais das praias da Capital

Técnicos da Semam realizam Caminhada Ecológica para avaliar condições ambientais das praias da Capital

Os 24 km do litoral de João Pessoa, da praia de Gramame ao Bessa, até o limite com o bairro de Intermares, em Cabedelo, foram percorridos pelos técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) da Prefeitura de João Pessoa, durante a manhã desta quinta-feira (13), na Caminhada Ecológica pela orla. Durante a ação, as equipes fizeram ações ambientais, como plantio de coqueiro, vistoria das condições da vegetação costeira e conscientização da população para a preservação desses espaços.

As equipes do Viveiro Florestal fizeram o plantio de 15 mudas de coqueiros nas praias percorridas. Durante o trajeto os técnicos da Semam observaram as condições das praias – sinalização, áreas verdes, necessidade de instalação de lixeiros, se há quiosques ou barracas ocupando áreas de forma irregular, entre outros aspectos. Após a Caminhada, será elaborado um relatório e com essas informações os profissionais poderão resolver os problemas encontrados e propor soluções, envolvendo as diversas secretarias da Prefeitura.

O secretário de Meio Ambiente, Welison Silveira, destacou que a Caminhada está inserida nas ações da Operação de Verão, que conta ainda com o trabalho de outras secretarias, como Infraestrutura (Seinfra), Turismo (Setur), Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), entre outras. “A Caminhada Ecológica pela Orla é uma ação imprescindível para esse período do ano. Entendemos que nosso litoral é o principal atrativo para o turismo e estamos trabalhando para que todos tenham direito às praias limpas, bem cuidadas, ambientalmente corretas. E sustentáveis, onde os pequenos comerciantes, donos de hotéis e pousadas, enfim, toda a cadeia produtiva, possam estimular a economia local, sem perder de vista o cuidado com nosso patrimônio ambiental”, concluiu Welison Silveira.

Percurso – A Caminhada Ecológica começou por volta das 7h, na praia de Gramame, onde a equipe da organização da Semam ofereceu aos caminhantes água, frutas e isotônicos. Todos estavam com camiseta com proteção solar, pequenas mochilas com água, chapéus e calçados apropriados para enfrentar uma manhã de muito sol. O secretário de Meio Ambiente, Welison Silveira, se manteve na liderança da caminhada, puxando os demais. Técnicos da Fiscalização, da Divisão de Controle Ambiental, da Diretoria de Estudos e Pesquisa, do Gabinete e do Departamento Financeiro da Semam estavam na equipe de apoio, organizando a logística que um evento desse porte necessita.

A equipe montou pontos de hidratação para os caminhantes em Gramame, Jacarapé, Penha, Seixas, Busto de Tamandaré e Bessa, onde foram feitas paradas de 10 minutos para descanso. Em cada um desses pontos os organizadores contaram ainda com apoio dos donos de pequenos restaurantes e quiosques, que gentilmente cederam o espaço físico dos estabelecimentos para que fossem montadas as mesas de hidratação dos caminhantes. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também acompanharam o grupo, para eventuais problemas de saúde.