Podcast revela bastidores da produção da carne cultivada que chegará ao Brasil

Podcast revela bastidores da produção da carne cultivada que chegará ao Brasil

Diretor de inovação da BRF, Sérgio Pinto, conta como será, qual o sabor e quanto custará a carne feita a partir de células e sem abater animais

Você já imaginou comer a carne de um animal que ainda está vivo? Parece loucura, mas a tecnologia já existe. E o mais interessante: a chamada carne cultivada vai chegar aos supermercados do Brasil em 2024, promete a BRF, gigante da indústria.

Mas que carne é essa? Que gosto terá? E quanto vai custar? A menos de três anos do lançamento, o diretor de Inovação da companhia, Sérgio Pinto, revela em entrevista ao podcast Palavra do Campo, da Globo Rural os bastidores da produção.

A projeção da BRF é que as primeiras versões custem de US$ 30 a US$ 40 o quilo (cerca de R$ 150 a R$ 200). “Mas objetivo é chegar a um valor equivalente às outras proteínas. Queremos que a escolha do consumidor não seja pelo preço”, destaca Sérgio Pinto.

Segundo ele, que já experimentou, a carne cultivada tem tudo para surpreender os consumidores. “A estrutura é perfeita e a mordida entregou bastante da textura que se está buscando”, afirmou.