Pernambuco celebra Semana da Fauna com soltura de animais resgatados, vídeos e muito mais

Pernambuco celebra Semana da Fauna com soltura de animais resgatados, vídeos e muito mais

Pernambuco vai realizar, a partir desta segunda-feira (20), uma série de atividades e debates sobre a importância da preservação dos animais silvestres em comemoração à Semana da Fauna. A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas-PE) e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) montaram uma programação especial. O roteiro, que se estende até a sexta (24), inclui lives, lançamento, soltura de animais resgatados, vídeos e mais. A abertura, às 9h, será marcada por um debate sobre a fauna ameaçada de extinção e o lançamento do e-book “Avaliação do Estado de Conservação dos Anfíbios e ‘Répteis’ de Pernambuco – Protegendo as Espécies Ameaçadas”.

“A Semana da Fauna traz um rico debate e também promove a consolidação de instrumentos que visam à conservação da biodiversidade local, uma meta abraçada pelo Governo de Pernambuco. O e-book, as oficinas de elaboração da Política da Fauna e, se voltarmos um pouco, o plano diretor do zoológico, todos são iniciativas que constituem uma estratégia para a reversão dos processos de extinção da nossa biodiversidade local. Nosso foco é atuar para salvar as populações selvagens”, disse o secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti.

Transmitida pelas redes sociais da Semas e da CPRH, a live de abertura apresentará o novo e-book que será publicado no site das duas instituições. O encontro online contará com a participação do secretário da Semas/PE, José Bertotti, do diretor-presidente da CPRH, Djalma Paes, e da gerente de projetos da CPRH, Patrícia Tavares. Ainda integram o painel pesquisadores e ambientalistas especializados na temática, como Carlos Eduardo Guidorizzi, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio); Geraldo Moura, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE); Raquel Lira, da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape), e Francisco Santana, da UFRPE. A moderação será do ativista ambiental e assessor da Semas/PE, Douglas Brito.

Já na terça-feira (21), terá início a veiculação de uma série de quatro vídeos com temáticas relacionadas aos serviços prestados aos animais que chegam ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara). O equipamento é gerido pela CPRH e recebe, anualmente, cerca de sete mil animais silvestres vítimas do tráfico ilegal ou de criação indevida. A cada dia, será divulgado um episódio nos canais da CPRH e da Semas, no YouTube, e nos perfis das instituições nas redes sociais.

“O Cetas Tangara funciona todos os dias, porque nele estão vidas preciosas da nossa fauna silvestre. São animais, inclusive alguns em risco de extinção, como o pintor-verdadeiro, que são levados ao Cetas, tanto por ação da fiscalização da própria Agência, como por ações de parceiros, como a 1ª Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e outras organizações, inclusive da sociedade civil. Chegam muitos animais mutilados, maltratados que precisam de cuidados veterinários, ou domesticados, que precisam de reabilitação”, comenta o diretor-presidente, Djalma Paes. E é sobre os tratamentos da medicina integrativa, que contempla tratamentos de saúde convencional e outras práticas que os vídeos vão falar.

Também na terça (21), às 15h, haverá a live “Curiosidades sobre os animais da Mata Atlântica Pernambucana”, com Marina Falcão, coordenadora da Unidade de Conservação Parque de Dois Irmãos, e Fernanda Justino, coordenadora da Divisão de Veterinária e Biologia também do Parque. Na quarta (22), mesmo horário, está marcado o bate-papo online “Curiosidades sobre os animais da Caatinga Pernambucana”, com Marina Jales, coordenadora de Educação Ambiental do Parque de Dois Irmãos/Semas e Juvenal Filho, biólogo do Parque.

Ainda na quarta-feira (22), quando se comemora o Dia da Fauna, será realizada a soltura de espécies de mamíferos, répteis e aves, no Haras de Aldeia, no município de Paudalho, na Zona da Mata Norte. E nos dias 23 e 24 de setembro, a programação contempla um momento para a elaboração da Política de Fauna para o Estado. Serão realizadas duas oficinas para que a sociedade civil possa contribuir no processo de construção da legalização de procedimentos referentes à fauna silvestre. Os eventos acontecem por meio de plataforma digital para quem já se inscreveu e serão transmitidos pelos canais do YouTube da Semas e da CPRH, a partir das 9h.

No encerramento da Semana, na sexta (24), os alunos da rede estadual de ensino estarão envolvidos em duas ações: uma palestra lúdica sobre importância da fauna silvestre e a a biodiversidade, a ser proferida pelo criador da Trilogiabio, biólogo André Maia, para os estudantes da Escola de Referência Joaquim Olavo, em Carpina. E, no Papo Científico da Secretaria Estadual de Educação e Esportes, a bióloga da CPRH, Joice Brito, falará sobre a conservação da fauna silvestre para estudantes da rede pública. A palestra da servidora será transmitida no Facebook e YouTube da Secretaria Estadual de Educação e Esportes, pela TV Pernambuco, TV Alepe, TV Nova e TV U.