Embraer testa rota de operação de futuro carro voador elétrico

Embraer testa rota de operação de futuro carro voador elétrico

Eve Air Mobility, da Embraer, fará testes no RJ, em rota operada por helicóptero entre a Barra e o aeroporto do Galeão, a partir do dia 8. A passagem custará a partir de R$ 99

A Eve Air Mobility, subsidiária da Embraer voltada para o desenvolvimento do ecossistema da Mobilidade Aérea Urbana, informou que vai iniciar uma simulação para o projeto do “carro elétrico voador”. O teste será realizado a partir de 8 de novembro, no Rio de Janeiro, conectando a Barra da Tijuca com o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão).

“A iniciativa, que utilizará helicóptero neste momento, será realizada em cooperação com parceiros estratégicos e entidades governamentais”, informou o comunicado da Eve, divulgado nesta terça-feira (26/10). As passagens custam a partir de R$ 99.

O teste tem como objetivo avaliar o ecossistema para a futura operação da aeronave elétrica de pouso e decolagem (eVTOL) da subsidiária da Embraer, que terá baixo ruído e zero emissões de carbono. A chegada do equipamento ao mercado está prevista para 2026.

De acordo com o comunicado da Eve, os testes serão feitos ao londo de um mês e serão realizados com seis voos diários. Durante a simulação, será feita a avaliação de todo o ecossistema de Mobilidade Aérea Urbana e os principais conceitos relacionados à experiência de uma operação futura “a um custo mais acessível que a operação de um serviço de helicóptero convencional”.

“A abordagem de desenvolvimento da Eve centrada no ser humano busca esse tipo de validação prática de conceitos e hipóteses que nos ajudarão a entender e endereçar os principais desafios associados à oferta do serviço”, disse André Stein, CEO da Eve, em nota. “A simulação no Rio de Janeiro, uma das cidades com mais congestionamento no Brasil e no mundo, nos ajudará a levantar as reais necessidades dos usuários, parceiros e comunidade que irão se beneficiar das nossas soluções de mobilidade”, acrescentou.

Onde comprar

A comercialização das passagens teve início hoje por meio da Flapper, plataforma independente para voos sob demanda. Para comprar o serviço é preciso acessar o site www.flyflapper.com.br ou fazer download do aplicativo da Flapper. A operação da aeronave na rota será feita pela Helisul Aviação, um dos maiores operadores de helicóptero da América Latina, de acordo com nota da Eve.