5 dicas para celebrar o Halloween de uma forma ecológica!

5 dicas para celebrar o Halloween de uma forma ecológica!

Halloween rima com bruxas, monstros e demónios. Mas para o planeta e para o ambiente, Halloween rima sobretudo com embalagens de doces, acessórios de plástico… Aqui estão 5 dicas para celebrar o Halloween de forma mais sustentável e responsável.

Em 2018, 45% dos franceses admitiram ter comprado um ou mais artigos de decoração para esta festividade. Em Inglaterra, em 2017, 7 milhões de fatos foram deitados fora a 1 de novembro. O Halloween está a tornar-se um verdadeiro dia de pesadelo para o planeta. Para além de ser o feriado dos zombies, piratas e fantasmas, é também o dia da festa do plástico, uma vez que é a altura de comprar fatos, acessórios e decorações de uso único. Se pretende limitar a sua pegada de carbono este ano, veio ao sítio certo!

Um fato e decoração de Halloween feita de materiais reciclados

Dizemos adeus aos fatos sintéticos feitos na China! Se tiver roupa para deitar fora ou restos de tecido, pode criar o seu próprio fato. O mais fácil e mais famoso: lençol branco para se tornar num fantasma, e roupa preta para se transformar num esqueleto com um pouco de tinta branca. Para quem não faz costura ou bricolage, pense em comprar roupa ou fatos em segunda mão em lojas de conveniência ou online, ou até perguntar aos seus amigos e familiares se têm o acessório de que precisa. Outra solução: alugar um fato.

Opte por uma decoração caseira! A ideia é recuperar o máximo de objetos que se encontram à volta da sua casa – ou das dos seus amigos e família – para os integrar na sua decoração, tais como caixas de madeira, velas e livros antigos. Se quiser comprar, pense também em artigos em segunda mão e certifique-se de que compra objetos sólidos para que os possa reutilizar todos os anos. Dica grátis: plantas! Ramos, troncos, musgo, folhas mortas de laranjeiras, pinhas de pinheiros farão uma decoração ideal num tom outonal.

Abóbora e doces biológicos

À decoração com plantas, são adicionadas as courgettes e sobretudo a indispensável abóbora. Mas este legume tem muita necessidade de água e de espaço. O seu tamanho e peso explicam o seu forte impacto ambiental no setor dos transportes. Por isso, é melhor escolher abóboras biológicas e locais. Para evitar desperdiçá-lo: pense em cozinhar as suas courgettes e abóboras até às sementes (para serem secas e assadas). Depois do Halloween não deite fora as suas plantas, faça antes compostagem.

Doces biológicos ou travessuras? É impossível imaginar o Halloween sem os doces! Se é uma verdadeira tradição na sua casa, privilegie o biológico, natural e não embalado para um consumo responsável. Tanto nas lojas como nas grandes superfícies comerciais, existem agora doces, amêndoas açucaradas e marshmallows a granel e por vezes até mesmo certificados biologicamente. Outra solução: comprar doces artesanais e fabricados perto de sua casa, tais como doces de mel.

Esqueça a maquilhagem tóxica! A maquilhagem industrial está cheia de produtos tóxicos e químicos – mesmo perigosos para as crianças! – são geralmente maus para a pele e para o planeta. Por isso, mais uma vez, privilegie a maquilhagem de marca biológica, natural e hipoalergénica e as marcas ecológicas para uma maquilhagem que seja segura para os seus filhos e para o planeta. E, se tiver tempo, pode fazer a sua própria maquilhagem a partir de ingredientes naturais. Encontrará muitos tutoriais na Internet para inspiração.