14 cavalos usados em passeios turísticos em Jericoacoara são sacrificados

14 cavalos usados em passeios turísticos em Jericoacoara são sacrificados

Quatorze cavalos usados em passeios turísticos em Jijoca de Jericoacoara, no Ceará, foram recolhidos para sacrifício por terem contraído a AIE (Anemia Infecciosa Equina). As informações são do UOL.

A eutanásia dos animais é realizada para que se evite a transmissão da doença a outros equinos. De acordo com a Adagri (Agência de Defesa Agropecuária do Ceará), 69 animais tiveram sangue coletado para testes, e 16 amostram deram positivo para AIE.

Ainda de acordo com o UOL, duas eutanásias estão pendentes porque os proprietários não entregaram os animais. A agência informou que os tutores foram notificados e será feita uma nova visita de fiscais e agentes para recolhimento dos animais.

As eutanásias dos cavalos são realizadas por método de anestesia geral, conforme a legislação do Conselho Federal de Medicina Veterinária. A Adagri ainda informou que, entre os dias 19 e 22 de novembro, outros dois animais testaram positivo para AIE e também foram sacrificados.

Os 16 casos mais recentes foram identificados justamente porque, devido a essa ação, foi realizada uma reunião com todos os donos de cavalos da região, e foi informado que dentro do processo de contenção de de foco da doença era obrigatório o saneamento da propriedade.

Ainda conforme o UOL, a Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara não se manifestou sobre o caso.