Ora-pro-nóbis: tudo sobre os benefícios da hortaliça à saúde

Ora-pro-nóbis: tudo sobre os benefícios da hortaliça à saúde

A paisagista Jacyra Rodrigues ensina a cultivar as propriedades medicinais da espécie, super popular atualmente!

Trepadeira-limão, carne-de-pobre, groselha-da-américa, ora-pro-nóbis… esses são alguns dos nomes populares que a planta Pereskia aculeata (nome científico) é conhecida. O seu mais popular é o ora-pro-nobis que, traduzido do latim, significa orai por nós.

Segundo um mito popular em algumas cidades de Minas Gerais, essa planta era comumente encontrada nos quintais das igrejas, como cerca para evitar invasões, e era colhida, sem autorização, durante a missa, enquanto o padre repetia lá na igreja a frase “orai por nós”.

Outra curiosidade sobre a planta é que ela é um cacto, bem diferente dos que estamos acostumados a ver, já que é um tipo que não perde suas folhas no processo evolutivo.

Propriedades medicinais

Ora-pro-nóbis (Foto: Evelyn Müller / Editora Globo)
A espécie ajuda a evitar o envelhecimento precoce da pele e das células (Foto: Evelyn Müller / Editora Globo)

Segundo Jacyra Rodrigues, paisagista da Bambu Paisagismo, a espécie possui valor comestível, medicinal e ornamental. Como PANC (planta alimentícia não convencional), conforme consta na publicação de 2017, do Embrapa Hortaliças sobre hortaliças não convencionais, as folhas da ora-pro-nobis possuem alto teor de proteína, que pode variar de 28% a 32% na matéria seca (eis a razão de um de seus nomes populares ser carne de pobre).

“Ela também apresenta quantidades consideráveis de minerais, como potássio, magnésio, zinco, cálcio e ferro, além de fibras e substâncias mucilaginosas, beneficiais à saúde. Consumida há muitos anos, desconhecemos relatos científicos de toxicidade nem de contraindicações do seu uso”, explica a paisagista.

Hortaliça

Frango com ora-pro-nobis (Foto: Pedro Henrique Soares )
Frango com ora-pro-nobis (Foto: Pedro Henrique Soares / Divulgação)

Apesar de todas as propriedades, é muito difícil encontrar essa hortaliça em feiras e supermercados, pois ela não está inserida nas cadeias produtivas, mas é cada vez mais comum vê-la em cápsulas, como suplementos alimentares.

Jacyra diz que se você tem essa planta no quintal e gostaria de experimentá-la, saiba que, além das folhas, são comestíveis suas flores e frutos, e existem muitas formas de ingeri-las, como no suco ou na salada.

Cultivo

Ora-pro-nóbis (Foto: Flick / Mauricio Mercadante / CreativeCommons)
O seu mais conhecido nome popular ora-pro-nóbis vem do latim que, em português, significa orai por nós (Foto: Flick / Mauricio Mercadante / CreativeCommons)

A ora-pro-nóbis é uma planta versátil, que no paisagismo está inserida nas categorias de trepadeira e de arbusto, sendo a poda de formação durante seu crescimento que definirá se será usada em uma ou na outra categoria. Conforme a paisagista, graças a existência de espinhos em seus ramos, essa planta é uma excelente cerca-viva defensiva.

“Se não bastassem tantas qualidades, ainda é uma planta de baixa exigência. Adapta-se bem aos diversos climas. A luminosidade ideal para ela é o sol pleno ou a meia-sombra. Deve ser plantada em solo drenável, rico em matéria orgânica e regado regularmente, podendo no seu ápice alcançar até 12 m de altura. Sua floração ocorre do verão ao outono e é possível fazer mudas dessa espécie por estaquia”, finaliza Jacyra.