Estudo indica tapetes como possíveis vilões para a qualidade do ar em casa

Estudo indica tapetes como possíveis vilões para a qualidade do ar em casa

Segundo pesquisadores, tapeçarias antigas podem conter PFAs, substâncias químicas tóxicas usadas para evitar manchas nos materiais

Segundo um estudo publicado pela revista científica Environmental Research Letters, tapetese carpetes velhos podem ser grandes vilões para a qualidade do ar dentro de casa. Mais especificamente, o estudo fala dos materiais desse tipo que foram tratados para serem resistentes a manchas com uma classe de produtos químicos conhecidos como PFAs (substâncias alquil polifluoradas).

Os PFAs são produtos usados mais popularmente no tratamento de têxteis, mas também em tintas e utensílios de cozinha, por exemplo. Essas substâncias são incrivelmente persistentes, nunca se degradam no meio ambiente e permanecem em nossos corpos por anos. Além disso, décadas de uso já resultaram na contaminação da água e do solo.

Os cientistas descobriram altas concentrações de PFAs no ar de todas as nove classes de jardim de infância que fizeram parte do estudo, além de escritórios, salas de aula de faculdade e lojas de roupas. De acordo com o resultado, os tapetes e carpetes antigos são o ponto em comum entre todos os ambientes.

Estudo indica tapetes e carpetes como possíveis vilões para a qualidade do ar (Foto: Getty Images)

Os jardins de infância foram uma preocupação especial para os pesquisadores, já que as crianças são conhecidas por serem mais propensas a respirar poeira e mais suscetíveis aos efeitos de produtos químicos tóxicos.

Uma das maiores complicações sobre o assunto é o fato de ser muito difícil saber se os PFAs são uma preocupação dentro de casa, por exemplo. Segundo Rainer Lohmann, professor de oceanologia da Universidade de Rhode Island, que liderou o estudo, é impossível até mesmo para um cientista entrar em uma casa e saber o que tem PFAs e o que não tem. Não há regulamentação que obrigue a indicação dessas substâncias em rótulos.

Estudo indica tapetes e carpetes como possíveis vilões para a qualidade do ar (Foto: Getty Images/Westend61)

Em entrevista ao Fast Company, o pesquisador indicou que a melhor forma de evitar uma possível contaminação com essas substâncias é fazer a troca dos tapetes ou carpetes velhos à prova de mancha, se os tiver, além de assegurar uma ventilação adequada nos locais onde possa haver tais itens.