Entenda o que causa gordura no fígado e quais são os sintomas

Entenda o que causa gordura no fígado e quais são os sintomas

Conhecida como gordura no fígado, a esteatose hepática é uma das principais causas de cirrose, câncer e doenças cardiovasculares

Conhecida popularmente como gordura no fígado, a esteatose hepática não alcoólica é uma das principais causas de cirrose, câncer de fígado e doenças cardiovasculares.

Sobrepeso, sedentarismo e má alimentação podem ser algumas causas para a formação de gordura no fígado. Atualmente, cerca de 25% da população mundial apresenta a condição.

“Apesar do número elevado de pessoas acima do peso no Brasil, sabemos que apenas cerca de 30% apresentarão doença grave por gordura no fígado – daí, a importância da prevenção. Pequenas mudanças podem gerar grandes ganhos em saúde”, ressalta o hepatologista Paulo Bittencourt, presidente do Instituto Brasileiro do Fígado (Ibrafig).

Como a condição ocorre

A esteatose hepática ocorre quando mais de 5% das células do fígado (hepatócitos) acumulam partículas de gordura. A situação deve ser tratada rapidamente quando há inflamação, morte celular e fibrose. Se não acompanhada corretamente, a doença pode evoluir para problemas mais graves, como cirrose hepática e até câncer.

Além de aumentar de tamanho, o fígado fica com um aspecto amarelado. Os sintomas, entretanto, aparecem somente nos estágios mais avançados, quando há poucas opções de tratamento.

Nas situações mais graves, o transplante pode ser a única indicação. Já em estágios iniciais, alterações na alimentação e prática regular de atividade física fazem a diferença.

“Uma dieta balanceada com menos carne vermelha e mais legumes e, principalmente, sem alimentos hipercalóricos, ultraprocessados com adição de frutose pode gerar bons resultados – aliada ao controle do peso e a alguma atividade física regular”, explica Paulo Bittencourt.

Os exames mais comuns para identificar a gordura no fígado são a ultrassonografia de abdômen superior e o exame de sangue para analisar as enzimas hepáticas AST (aspartato aminotransferase) e a ALT (alaninaaminotransferase).

Principais sintomas da gordura no fígado

Os sintomas mais comuns da esteatose hepática não alcoólica são:

  • Perda de apetite;
  • Cansaço excessivo;
  • Dor abdominal, especialmente na região superior direita;
  • Dor de cabeça constante;
  • Inchaço da barriga;
  • Coceira na pele;
  • Pele e olhos amarelados;
  • Fezes esbranquiçadas.

Se você verificar esses sintomas deve procurar um médico para que as causas sejam investigadas.